Melhores cidades para se trabalhar na província de B.C. no ano de 2019

Melhores cidades para se trabalhar na província de B.C. no ano de 2019

 

Com uma economia disparando em todos os aspectos nos últimos anos, a província de British Columbia pode ser uma boa opção para encontrar trabalho em 2019. Diante do avanço da economia e população, cidades menores entram na lista das melhores cidades para se trabalhar em BC.

Foram consideradas apenas cidades com mais de 10.000 residentes permanentes. Para análise desta pesquisa foram considerados os seguintes fatores: renda média familiar, renda familiar de pessoas com menos de 35 anos, crescimento de renda nos últimos 5 anos, gasto médio das famílias com recreação, custo médio de moradia, crescimento populacional nos últimos 5 anos, taxa de desemprego, valor médio de imóveis e tempo de deslocamento (casa-trabalho).

Squamish assume o primeiro lugar pela segunda vez, mostrando seu poder econômico devido ao mercado de construção de casas mais movimentados da província. Já o vizinho Whistler estreou o ranking no segundo lugar seguido de North Vancouver.

Após dois anos entre os três primeiros colocados, Fort St. John e Dawson Creek tiveram quedas notáveis. As rendas continuam fortes, mas a taxa de desemprego é uma das maiores da província.

North Vancouver, por sua vez, embora com alta renda familiar, mostra fortes gastos domésticos com recreação, estabilizados valores de moradia e uma das maiores taxas de concorrência pelos empregados em BC.

A região de metro Vancouver teve mudança notável. As cidades de Township of Langley, City of Langley, North Vancouver, Maple Ridge, Coquitlam, Surrey e Richmond, por exemplo, subiram de posição, enquanto Delta, Port Coquitlam, Pitt Meadows, Burnaby e New Westminster sofreram queda.

Vancouver também despencou neste ano, saindo da nona posição para trigésima primeira. Isso se deu devido aos altos custos de moradia, tempo de deslocamento, renda baixa para pessoas com menos de 35 anos.

 

Fator imobiliário

 

Nesta pesquisa o fator imobiliário foi incluído pela primeira vez, já que possuir uma casa pode representar um grande desafio financeiro e consequente dificuldade em se estabelecer em certa comunidade.

Os distritos de Abbostford, Chilliwack, Mission sofreram queda no ranking deste ano. Suas fraquezas foram o baixo desempenho da renda média da família, custo de moradia e taxa de desemprego.

A capital de British Columbia, Victoria, teve a maior queda de posições no período da pesquisa. Isso se deu, principalmente, pela baixa renda familiar para pessoas com menos de 35 anos. Em contrapartida, Victoria apresentou menor taxa de desemprego da província e  possuía os rendimentos mais altos.

As cidades de Prince George e Quesnel foram beneficiadas pelo mercado habitacional acessível, tempo curto de deslocamento e pela taxa de desemprego.

Salmon Arm, cidade localizada na região do Okanagan, realizou grande salto pelo robusto crescimento da renda familiar, moradia acessível e tempo curto de deslocamento.

 

As primeiras 5 cidades são:

  1. Squamish

Posição no ranking de 2018: 

Renda média familiar (10%): $116,171

Renda média familiar pessoas com menos de 35 anos (10%): $77,294

Crescimento da renda média familiar em 5 anos (15%): 23.1%

Despesa média com moradia (10%): $26,207

Valor médio do imóvel (5%): $836,807

Média de deslocamento em minutos (10%): 27.1

Taxa de desemprego (10%): 4.5%

 

  1. Whistler

Posição no ranking de 2018n/a

Renda média familiar (10%): $125,677

Renda média familiar pessoas com menos de 35 anos (10%): $75,518

Crescimento da renda média familiar em 5 anos (15%): 23.4%

Despesa média com moradia (10%): $27,435

Valor médio do imóvel (5%): $1,891,866

Média de deslocamento em minutos (10%): 16.7

Taxa de desemprego (10%): 4.5%

 

  1. District of North Vancouver

Posição no ranking de 2018: 

Renda média familiar (10%): $147,433

Renda média familiar pessoas com menos de 35 anos (10%): $124,403

Crescimento da renda média familiar em 5 anos (15%): 16.9%

Despesa média com moradia (10%): $31,055

Valor médio do imóvel (5%): $1,668,988

Média de deslocamento em minutos (10%): 26.6

Taxa de desemprego (10%): 4.5%

 

  1. Township of Langley

Posição no ranking de 2018: 11º

Renda média familiar (10%): $122,162

Renda média familiar pessoas com menos de 35 anos (10%): $101,784

Crescimento da renda média familiar em 5 anos (15%): 17.1%

Despesa média com moradia (10%): $26,631

Valor médio do imóvel (5%): $1,342,970

Média de deslocamento em minutos (10%): 28.1

Taxa de desemprego (10%): 4.5%

 

  1. Kelowna

Posição no ranking de 2018: 

Renda média familiar (10%): $99,664

Renda média familiar pessoas com menos de 35 anos (10%): $69,901

Crescimento da renda média familiar em 5 anos (15%): 18.1%

Despesa média com moradia (10%): $22,858

Valor médio do imóvel (5%): $682,164

Média de deslocamento em minutos (10%): 18.1

Taxa de desemprego (10%): 5.7%

Abaixo você pode ver as demais cidades que compõe o ranking:

  1. Prince Rupert
  2. City of Langley
  3. City of North Vancouver
  4. Fort St. John
  5. Maple Ridge
  6. Coquitlam
  7. Sechelt
  8. Parkville
  9. Surrey
  10. Nanaimo
  11. Delta
  12. Terrace
  13. Port Coquitlam
  14. Salmon Arm
  15. Richmond
  16. Courtenay
  17. Sidney
  18. Saanich
  19. Quesnel
  20. Chilliwack
  21. Prince George
  22. Penticton
  23. Vernon
  24. Pitt Meadows
  25. Dawson Creek

Fonte: https://www.bcbusiness.ca/Best-Cities-for-work-in-BC-2019

 

Quer saber mais sobre as províncias de British Columbia e opções de estudo nestas cidades?

Fale com a gente! Entre em contato pelo e-mail contato@canadajournal.com.

 

Gostaria de conhecer mais sobre as profissões com maiores demandas no Canadá?

Acesse este outro artigo:http://www.canadajournal.com.br/trabalho/10-maiores-demandas-de-trabalho-no-canada/

 

 

 

Assine nossa newsletter

Deixe seu e-mail e receba em primeira mão as novidades do Blog da Canada Journal.