Entenda como funciona o sistema de saúde no Canadá

Dentre os muitos desafios de imigrar para o Canadá, o funcionamento do sistema de saúde e a adaptação a um sistema diferente do que há no Brasil é um dos que mais preocupa, principalmente a aqueles que têm filhos.

Se você ainda não sabe, a primeira coisa a entender é que cada província do Canadá possui uma certa independência, e assim, seu próprio sistema de saúde.

Nesse post, vamos tratar do MSP (Medical Services Plan), da província de British Columbia.

Quem tem acesso ao Medical Services Plan (MSP)?

É exigido por lei que todos os residentes elegíveis de British Columbia apliquem para o sistema público de saúde da província.

Mas quem são os residentes elegíveis? além de todo cidadão canadense ou residente permanente que more na província, estrangeiros com visto de estudante ou permissão de trabalho com validade superior a 6 meses também devem aplicar ao MSP – assim como seu cônjuge e filhos (até 18 anos, sem restrições; de 19 a 24 anos, apenas se estiverem estudando em período integral).

Para informações mais detalhadas sobre a elegibilidade do MSP, visite o site oficial do governo.

Quando devo aplicar para o MSP?

É recomendado fazer a aplicação assim que você chegar em British Columbia, pois existe um período de carência de 3 meses para receber a carteirinha do MSP e assim ter acesso ao sistema público de saúde.

Por essa razão, também aconselhamos a cobertura de um plano particular para esses 3 meses iniciais, pois você não vai querer descobrir os preços de qualquer tratamento no país!!

Além disso, quando você viajar para fora de British Columbia, também é melhor que faça um seguro saúde para eventuais gastos. Existem acordos entre as províncias quanto à cobertura de sistemas de saúde locais, contudo, há várias restrições.

Mas não se preocupe, a Canada Journal está aqui para te ajudar com todos esses processos e informações – é só entrar em contato com a gente!

Como faço para aplicar para o MSP?

É muito fácil, pois tudo é feito online através do site oficial do governo de British Columbia. Eles irão providenciar um formulário e pedir uma cópia digital de seus documentos (passaporte e permits válidos).

Você então receberá seu cartão e a fatura pelo correio, no endereço cadastrado no formulário.

Mas como assim, fatura? Não é público? Tem mesmo que pagar?

Sim, em BC existe uma taxa mensal para ter acesso ao sistema de saúde. Se você pensar bem, isso não é muito diferente do sistema brasileiro. Enquanto o Sistema Único de Saúde (SUS) do Brasil é bancado pela população através de impostos, o MSP é bancado através de uma taxa, e não por impostos.

Sobre os custos, recentemente o governo divulgou mudanças que entrou em vigor em Janeiro de 2020. Confira as novas taxas:

  • Estudantes Internacionais (com study permit) – $75.00 por mês.
  • Crianças (com study permit) que acompanham os pais estudantes ou trabalhadores internacionais  – $75.00 por mês.
  • Crianças (com visto de visitante) que acompanham os pais estudantes ou trabalhadores internacionais  – não pagam taxa.
  • Residentes Permanentes / Cidadãos – não pagam taxa.
  • Trabalhadores Internacionais (com work permit) – não pagam taxa.

Qual é a cobertura do Medical Service Plan (MSP)?

O MSP tem uma cobertura extensa, desde médicos clínicos gerais, exames, especialistas e cirurgias. Entretanto, existem algumas restrições:

  • Consultas com dentistas, oftalmologistas, fisioterapeutas e psicólogos.
  • Cirurgias consideradas estéticas/cosméticas.
  • Medicamentos.
  • Terapias complementares/alternativas como massagem, acupuntura, etc…

Para mais informações sobre a cobertura completa do MSP, acesse o site oficial do sistema de saúde canadense.

E se eu ficar doente, o que eu faço?

Diferentemente do Brasil, no Canadá você só vai ao hospital se realmente for uma emergência muito grave – como um acidente ou algo do tipo. 

Caso você ainda não possua um médico de família (mais detalhes a seguir), você deve procurar uma das diversas Walk-In Clinics espalhadas pela província de British Columbia – essas clínicas nada mais são do que postos de saúde, onde você pode ser atendido sem agendar uma consulta. 

Você passará por um clínico geral primeiro, para um diagnóstico inicial – e SOMENTE caso esse médico determine que você necessita de um especialista, você será encaminhado para um. É muito raro que você consiga um horário com um médico especialista sem ter um encaminhamento de um clínico geral ou médico de família, e a consulta pode levar meses para acontecer.

Outro ponto importante a destacar é a questão dos medicamentos. Aqui, a maioria dos remédios demandam receita para serem comprados – caso você faça uso de um medicamento de forma contínua, traga uma quantidade considerável quando vier e uma receita (em inglês) e se dirija à uma Walk-In Clinic para que o médico te providencie com uma receita válida no país.

E atenção, essa é uma solução provisória, pois é importante que você tenha um médico de família que faça o seu acompanhamento.

O que é o médico de família?

O sistema público de prestação de serviços médicos no Canadá é muito bom. Porém, há uma carência de profissionais no país. Por isso, encontrar um médico de família pode ser um grande desafio para quem acabou de chegar.

O medico de família no Canadá é um clínico geral que acompanha o paciente durante anos e dá um atendimento especial aos mesmos, acompanhando o tratamento, indicando os melhores cuidados, medicação e exames, além de trabalhar na prevenção de doenças.

A saúde canadense atua muito na prevenção e na conscientização das pessoas sobre sua saúde e qualidade de vida. Alguns brasileiros costumam estranhar o sistema de saúde canadense, pois não conseguem ir diretamente a um médico especialista e solicitar os exames que querem, como é usualmente feito no Brasil quando se tem um bom plano de saúde.

Aqui, para ser encaminhado a um ortopedista, por exemplo, é preciso passar pelo médico de família primeiro e é ele quem vai encaminhar a pessoa a um especialista caso julgue necessário.

Esse processo pode ser demorado também, uma vez que alguns especialistas têm uma demanda muito grande e pouca disponibilidade.
O médico de família é uma figura essencial no Canadá: Normalmente acompanha o paciente (e na maioria dos casos, a família toda) durante vários anos, e possui acesso a todo seu histórico de saúde. É ele que determinará quando e quais exames são necessários, assim como o encaminhamento para especialistas.

Você pode fazer a busca de médicos através desse site: https://www.cpsbc.ca/physician_search

Entretanto, se você não conseguir vaga com um médico de família imediatamente, não se desespere: Você pode continuar indo à uma Walk-In Clinic sempre que necessário.

Curiosidades!

Os médicos não trabalham para o governo.

O sistema de saúde do Canadá é público, mas a grande maioria dos médicos trabalham de forma autônoma, ou seja, eles que decidem sua carga horária e onde irão trabalhar. Também são responsáveis pelo pagamento de seus empregados, pelo espaço que atuam e demais despesas – e recebem do governo apenas pelos serviços que prestam aos pacientes. Assim, os pacientes podem escolher o médico que desejarem, e tem os serviços de saúde básicos custeados pelo governo. 

Não existe pagamento direto para os médicos!

Você não deve ser cobrado por nenhum atendimento médico: pagar para ter prioridade em consultas ou cirurgias não faz parte da realidade canadense. Alguns médicos podem cobrar taxas por atestados médicos ou consultas perdidas – essas opções são válidas, pois não são serviços sobre os quais eles recebem pagamento do governo.

Viver em um país mais justo e igualitário significa usar sistemas públicos de saúde que não privilegiam somente algumas classes sociais. O Canadá preza por isso, onde todos têm os mesmos direitos e para aproveitar o que o país tem de melhor nesse sentido, é preciso saber viver nesse sistema e se adaptar a ele.

Se você tem o sonho de viver no Canadá, nós podemos ajudar!

Entre em contato conosco para uma conversa, sem custo!

Email: contato@canadajournal.com

Whatsapp: +1 (778) 251-3740

1 comentário em “Entenda como funciona o sistema de saúde no Canadá”

  1. Pingback: Agora é a hora: Planejamento Canadá - Canada Journal

Comentários encerrados.

Assine nossa newsletter

Deixe seu e-mail e receba em primeira mão as novidades do Blog da Canada Journal.