Saiba como vai funcionar o novo sistema para visto de estudo em duas etapas.

O IRCC divulgou detalhes sobre como o novo processo de permissão de estudo em duas etapas funcionará para estudantes internacionais que pretendem estudar no outono de 2020

O surto de coronavírus dificultou que os estudantes internacionais obtivessem os documentos de que geralmente precisam para conseguir a sua autorização de estudo. A fronteira canadense também está fechada para a maioria dos estudantes internacionais. Os estudantes só estão liberados para viajarem se suas permissões de estudo foram emitidas antes do meio dia de 18 de março de 2020.

Mesmo assim, os oficiais de fronteira podem recusar a entrada mesmo daqueles que são exemptos da restrição para viajar caso o programa possa ser realizado on-line. Os estudantes internacionais ainda precisam estar no Canadá obrigatóriamente. Se os cursos forem oferecidos de maneira on-line e eles puderem estudar em casa, isso pode tornar o motivo da sua viagem ao Canadá “opcional” ou “discricionário”. E aumentar as chances de serem impedidos de entrar no Canadá.

Como oter o seu study permit em duas etapas

No entanto, o setor de Imigração, Refugiados e Cidadania do Canadá (IRCC) está introduzindo um novo processo de aprovação em duas etapas que permitirá que estudantes internacionais iniciem o semestre on-line sem uma permissão de estudo finalizada. Hoje, o departamento de imigração divulgou novas instruções para seus oficiais sobre como proceder com as mudanças temporárias.

O IRCC declarou na semana passada que tem como objetivo processar pedidos completos de permissão de estudo que já foram enviados o mais rápido possível.

Os estudantes que desejam aproveitar o processo temporário de duas etapas têm até 15 de setembro para solicitar sua permissão de estudo.


O primeiro estágio é muito parecido com o processo regular de permissão de estudo. Os estudantes internacionais devem enviar:

  • carta de aceitação;
  • Certificado de aceitação do Quebec (apenas para estudantes de Quebec);
  • comprovação de fundos;
  • prova de que podem deixar o Canadá quando não tiverem mais status legal temporário ou permanente; e
    quaisquer laços familiares com o Canadá.

Os oficiais de imigração avaliarão esses pedidos e emitirão pré-aprovação a seu critério. Os estudantes internacionais podem começar a estudar nesta fase.

Para obter a permissão de estudo completa e, eventualmente, viajar para o Canadá, os estudantes internacionais precisarão enviar:

  • Exame médico de imigração
  • Antecedentes criminais
  • Biometria

Requisitos regulares para Student Direct Stream

Os estudantes internacionais que estão se inscrevendo no Student Direct Stream (SDS) só são elegíveis para o programa acelerado de permissão de estudo se puderem enviar uma inscrição completa. Caso contrário, eles precisam se inscrever no processo regular ou aguardar até que possam fornecer todos os documentos necessários para serem elegíveis para o SDS. O IRCC também diz que pode haver atrasos.

O estudo on-line agora é elegível para a Permissão de Trabalho de Pós-Graduação

A permissão de estudo integral continua sendo obrigatória se os estudantes quiserem concluir seu programa no Canadá e, eventualmente, solicitar uma Permissão de Trabalho de Após os Estudos (PGWP) e assim poderem trabalhar no país após a sua graduação.

O IRCC alterou anteriormente os requisitos de elegibilidade para o PGWP à medida que as instituições de ensino designadas alteravam seus programas em sala de aula para on-line. Agora, os estudantes internacionais poderão fazer metade de seu programa on-line e ainda terão direito à permissão de trabalho que lhes permitirá permanecer no Canadá por até três anos após a conclusão do programa.

O PGWP é importante porque permite que os estudantes internacionais obtenham a experiência de trabalho canadense de que geralmente precisam para se qualificarem para residência permanente no Canadá. O Express Entry e o Provincial Nominee Program (PNP) estão entre as inúmeras vias de imigração disponíveis para estudantes internacionais que concluem seus estudos no Canadá e obtêm experiência profissional qualificada.

“A pandemia teve um impacto significativo nos estudantes internacionais e nas instituições e comunidades canadenses que os hospedam”, disse o ministro da Imigração, Marco Mendicino, em um comunicado à imprensa. “É por isso que implementamos uma série de medidas para apoiá-las. Valorizamos a contribuição dos jovens que buscam uma educação de alta qualidade no Canadá e estamos fazendo todos os esforços para minimizar como os desafios atuais afetam seus planos e sonhos para o futuro. ”

Assine nossa newsletter

Deixe seu e-mail e receba em primeira mão as novidades do Blog da Canada Journal.