Estudantes internacionais poderão entrar no Canadá à partir de 20 de Outubro. Confira as regras!


As instituições de ensino que tiverem planos de preparação para o COVID-19 foram aprovadas, logo poderão receber mais estudantes internacionais de volta às suas escolas.

As alterações de restrições de viagens entrarão em vigor no dia 20 de outubro, permitindo que os estudantes internacionais entrem no Canadá se sua instituição de ensino designada (DLI) tiver um plano de preparação para COVID-19 aprovado. Com a responsabilidade principal da educação e cuidados de saúde, os governos provinciais e territoriais avaliarão os planos de prontidão para COVID-19 que as escolas estão implementando. 

Essa mudança nas restrições de viagem afeta todos os estudantes internacionais, independentemente de onde estejam viajando ou de quando sua autorização de estudos foi aprovada. Os viajantes não devem fazer nenhum plano de viagem até que cumpram todos os requisitos e recebam todas as autorizações necessárias.

Como parte de seus planos, as instituições devem fornecer informações específicas ao governo provincial ou territorial sobre como vão prestar informações aos estudantes internacionais sobre saúde e requisitos de viagem antes de chegarem ao Canadá, ajudar os estudantes com seus planos de quarentena e fornecer orientação ou assistência em adquirir as necessidades básicas, como alimentos e medicamentos, durante a quarentena.

O Governo do Canadá trabalha em estreita colaboração com as províncias e territórios para atrair e hospedar estudantes internacionais no Canadá. Os parceiros provinciais e territoriais disseram em uma pesquisa realizada durante a pandemia que gostariam de ver um processo que permitisse aos estudantes internacionais começar a viajar para o Canadá novamente, desde que fosse feito com segurança e respeito os requisitos de saúde.

Com uma abordagem cautelosa, os governos federal, provincial e territorial trabalharam juntos no desenvolvimento desse processo. A lista de DLIs com um plano de prontidão para COVID-19 aprovado será publicada na página da web do IRCC para estudantes internacionais afetados pelas restrições do COVID-19 e atualizada regularmente conforme as províncias e territórios identificam escolas adicionais.

A viagem de estudantes internacionais assintomáticos que tenham os documentos apropriados para entrar no Canadá e cujo DLI esteja na lista de instituições com planos de preparação COVID-19 aprovados em vigor será considerada não discricionária e não opcional, a menos que haja evidência de que eles estão claramente vindo para o Canadá para um propósito discricionário ou opcional, como turismo.

Com as restrições de viagem alteradas, os familiares imediatos podem acompanhar um estudante internacional ao Canadá se o motivo da viagem for não opcional ou não discricionário, como estabelecer-se no Canadá para apoiar o programa de estudos do candidato principal. Isso pode incluir um cônjuge ou companheiro (a), um dependente ou, no caso de um filho menor que estará estudando no Canadá, um dos pais ou responsável legal.

Como todos os viajantes ao Canadá, os estudantes internacionais e seus familiares acompanhantes estarão sujeitos a todas as medidas de saúde pública, incluindo o período obrigatório de quarentena de 14 dias na chegada ao Canadá.

Estudantes internacionais poderão entrar no Canadá à partir de 20 de Outubro. Confira as regras!

As instituições de ensino que tiverem planos de preparação para o COVID-19 foram aprovadas, logo poderão receber mais estudantes internacionais de volta às suas escolas.

As alterações de restrições de viagens entrarão em vigor no dia 20 de outubro, permitindo que os estudantes internacionais entrem no Canadá se sua instituição de ensino designada (DLI) tiver um plano de preparação para COVID-19 aprovado. Com a responsabilidade principal da educação e cuidados de saúde, os governos provinciais e territoriais avaliarão os planos de prontidão para COVID-19 que as escolas estão implementando. 

Essa mudança nas restrições de viagem afeta todos os estudantes internacionais, independentemente de onde estejam viajando ou de quando sua autorização de estudos foi aprovada. Os viajantes não devem fazer nenhum plano de viagem até que cumpram todos os requisitos e recebam todas as autorizações necessárias.

Como parte de seus planos, as instituições devem fornecer informações específicas ao governo provincial ou territorial sobre como vão prestar informações aos estudantes internacionais sobre saúde e requisitos de viagem antes de chegarem ao Canadá, ajudar os estudantes com seus planos de quarentena e fornecer orientação ou assistência em adquirir as necessidades básicas, como alimentos e medicamentos, durante a quarentena.

O Governo do Canadá trabalha em estreita colaboração com as províncias e territórios para atrair e hospedar estudantes internacionais no Canadá. Os parceiros provinciais e territoriais disseram em uma pesquisa realizada durante a pandemia que gostariam de ver um processo que permitisse aos estudantes internacionais começar a viajar para o Canadá novamente, desde que fosse feito com segurança e respeito os requisitos de saúde.

Com uma abordagem cautelosa, os governos federal, provincial e territorial trabalharam juntos no desenvolvimento desse processo. A lista de DLIs com um plano de prontidão para COVID-19 aprovado será publicada na página da web do IRCC para estudantes internacionais afetados pelas restrições do COVID-19 e atualizada regularmente conforme as províncias e territórios identificam escolas adicionais.

A viagem de estudantes internacionais assintomáticos que tenham os documentos apropriados para entrar no Canadá e cujo DLI esteja na lista de instituições com planos de preparação COVID-19 aprovados em vigor será considerada não discricionária e não opcional, a menos que haja evidência de que eles estão claramente vindo para o Canadá para um propósito discricionário ou opcional, como turismo.

Com as restrições de viagem alteradas, os familiares imediatos podem acompanhar um estudante internacional ao Canadá se o motivo da viagem for não opcional ou não discricionário, como estabelecer-se no Canadá para apoiar o programa de estudos do candidato principal. Isso pode incluir um cônjuge ou companheiro (a), um dependente ou, no caso de um filho menor que estará estudando no Canadá, um dos pais ou responsável legal.

Como todos os viajantes ao Canadá, os estudantes internacionais e seus familiares acompanhantes estarão sujeitos a todas as medidas de saúde pública, incluindo o período obrigatório de quarentena de 14 dias na chegada ao Canadá.

Se você quer saber mais sobre o Canadá, entre em contato conosco!

Whatsapp: https://whats.link/canadajournal

E-mail: contato@canadajournal.com

Assine nossa newsletter

Deixe seu e-mail e receba em primeira mão as novidades do Blog da Canada Journal.