A influência da tecnologia e a sua cada vez maior presença em nossas decisões

O crescimento constante  da tecnologia tem trazido uma diminuição de nossas habilidades como ser humano. Por tudo o que 2020 nos mostrou até agora, enfatiza-se o lado bom da globalização por conta da tecnologia possibilitar inúmeras alternativas para manter as pessoas trabalhando e, inclusive, se vendo e se comunicando através de vídeo chamadas para manter um contato mais próximo da realidade. Entretanto, seria esse o único lado a ser percebido ou será que o uso excessivo de todas as ferramentas disponíveis estariam nos afetando quando falamos do nosso comportamento a longo prazo?

Nos dias de hoje, tudo o que buscamos relacionado a trabalho em diferentes área de atuação, são os resultados do nosso esforço com eficiência. Rapidez, raciocínio rápido, troca de dados etc. Ou seja, tudo o que a technologia pode oferecer. Quer falar com alguém de um continente diferente nesse exato momento? Você pode! São incontáveis as opções de ligações, mensagens, diferentes apps que poderíamos usar e realizar com eficiência o que quer que fosse. Negócios são fechados por reuniões entre diferentes países  sem ter nenhum tipo de presença física, decisões importantes são tomadas sem ninguém apertar as mãos, como era de costume no passado. Contas são feitas sem que nos preocupemos em fazê-las, projeções financeiras etc. Até mesmo entregas de comida com robôs já são realidade. Se pararmos para pensar e compararmos isso com algumas décadas atrás, pareceria um algo distante praticamente impossível!

Se o seu sonho de morar fora do seu país fosse há 20 anos atrás, sem poder ver ninguém por vídeo chamada e apenas realizar ligações normais que te custariam um valor alto devido a inúmeras tarifas, você teria a mesma coragem? Então você consegue enxergar, apenas por este ângulo, o quão importante a tecnologia é, inclusive para ditar algumas decisões de vida tão importantes como mudar de país. Por exemplo, quando sentamos em um café e olhamos em volta, nota-se facilmente quantas pessoas estão conectadas ao mesmo tempo, trabalhando e trocando dados de forma tão rápida por todos os lados. E isso em apenas um local pequeno, talvez com 10, 12 pessoas presentes. Imagina em um país inteiro. No mundo!! A tecnologia se tornou de fato algo essencial à nossa existência e intereção nessa nova era.

Por outro lado, é fundamental mencionar que coisas imprevisíveis podem acontecer e não importa o quão avançados estejamos tecnologicamente, a criatividade humana, colaboração e reflexâo nunca poderão ser substituídas. Sendo assim, decisões importantes na área dos negócios ou ambientes profissionais devem ser estimulados pra que haja esse tipo de intereção entre os colegas de trabalho. Porque dessa forma, em um cenário profissional quando algo imprevisível acontecer, aquele grupo de pessoas terá a criatividade e colaboração que nenhuma máquina teria pra solucionar algo que não era esperado.  Grande exemplo disso é o atual cenário da pandemia no qual vemos muitas atitudes criativas e positivas sendo tomadas para conter a crise, que de forma inesperada apareceu em todo o mundo em questão de meses.

Além dos fatores humanos mencionados no parágrafo acima, existe ainda a questão do entendimento existencial como ser humano. Visto que o isolamento e a falta de interações e conexões em pessoa, podem trazer um senso de entendimento e empatia prejudicados. O que resultaria em uma perda na capacidade humana de ver o que acontece em sua volta e enteder como agir perante as situações inesperadas, disse Margaret Heffernan, professora na University of Bath School of Management no Reino Unido. Como um bom exemplo deste entendimento periférico, podemos mencionar o técnico de um time de rudby da Inglaterra, que se deu conta de que o seu time estava treinando como todos os outros times da liga. Este técnico queria que os resultados melhorassem não só pela liga, mas fazendo com que a conexão e intereção  entre os seus jogadores melhorassem, visando ter uma melhor performance como equipe e assim ter alguma influência nos resultados da liga. O clube então decidiu levar a equipe para estações de esquí, mesmo durante a temporada. Decidiu também em leva-los de viagem a Chigado para participar de algumas campanhas de caridade etc. Esse investimento de tempo e dinheiro gerou uma conexão de lealdade e gratidão entre os jogadores, que mesmo sob muita pressão, eles conseguem manter a união e agir de forma centrada e com mais dedicação. Esse experimento levou esse time a um novo nível de competição, no qual apenas o entendimento humano seria capaz de desenvolver com as suas percepções.

Logo, a imprevisibilidade dos fatos enaltece muito a presença e a atitude do ser humano como comunidade. Além disso, traz o papel da importância das interações e conexões entre as pessoas para que as nossas habilidades como seres humanos não sejam perdidas e congeladas através do excessivo uso da tecnologia que não nos permite pensar por nós mesmos. Crescer como pessoa, ter impacto na sociedade, ser ouvido e respeitado traz uma sensação de comunidade que o isolamento tecnológico nunca poderia oferecer mesmo ajudando a enfrentar certos graus de distanciamento.

Assine nossa newsletter

Deixe seu e-mail e receba em primeira mão as novidades do Blog da Canada Journal.